quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Sem garantir Senna, diretor da Williams observa opções para 2013

Depois da confirmação de que Felipe Massa permanecerá na Ferrari, a dúvida se volta para o brasileiro Bruno Senna, na Williams. Tanto ele, como seu companheiro de equipe, o venezuelano Pastor Maldonado, têm o vínculo até o final desta temporada e seguem na incerteza se haverá renovação.

As últimas declarações na equipe de Grove não deixaram os torcedores de Senna muito animados. O diretor-executivo Toto Wolff afirmou que a decisão é difícil e que observa outras opções para formar a dupla de pilotos do time na temporada 2013 da Fórmula 1.
"O anúncio será feito neste ano, mas nós ainda não sabemos o momento, porque queremos nos concentrar nesta temporada e focar nos pilotos atuais, o mais importante no momento. Há muitas opções que estamos observando no momento e não esta fácil", afirmou o dirigente. "Trata-se de escolher opções para o curto prazo e no longo prazo. E, às vezes, a melhor opção no curto prazo não é a melhor opção no longo prazo", acrescentou.
A situação de Senna é complicada e um dos principais nomes para substituí-lo está dento da própria Williams: o finlandês Valtteri Bottas, que ocupou o lugar do brasileiro em diversas sessões de treinos livres. Maldonado tem grandes chances de permanecer no time graças ao forte aporte financeiro da PDVSA. No Mundial de Pilotos, o venezuelano soma 33 pontos e está na 15ª posição. Senna aparece em seguida, com 25 pontos.
Os dois pilotos não tiveram grandes atuações na temporada, embora Maldonado tenha conseguido subir no lugar mais alto do pódio. "Bons desempenhos sempre ajudam e tudo conta até a última corrida. Mas, no momento, já vimos tudo e já temos uma ideia. Agora trata-se de olhar para as opções possíveis e as melhores para a equipe", comentou Wolf.(Portal Terra)

Nenhum comentário: