Antes de Viajar

Antes de Viajar
Pegue nosso EBOOK grátis!

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2008

Ministério da Justiça instaura processo contra a Volkswagen

Brasília - O Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC), do Ministério da Justiça, instaurou nesta terça-feira processo administrativo contra a Volkswagen do Brasil Ltda por conta de problemas envolvendo o banco traseiro do modelo Fox.

A Volkswagen do Brasil já está disponibilizando uma peça adicional para o sistema de rebatimento do banco traseiro do Fox. Um anel de travamento de borracha, instalado no cabo de tração para destravamento do encosto traseiro que cobre a argola de metal, local que, em alguns casos, os clientes tiveram seus dedos presos e decepados. Apesar do evidente problema, a montadora não considera a medida um recall.

A peça será instalada somente nos modelos com banco traseiro com ajuste longitudinal (ARS), nos quais o encosto é destravado com a ajuda da cinta. Nos bancos fixos, que são destravados por meio de dois pinos localizados nas partes superiores direita e esquerda do encosto, a argola e a cinta não existem. O mesmo ocorre com os bancos bipartidos, em que o sistema de rebatimento é diferente e também não conta com a cinta e a argola.

Além da medida preventiva, toda a rede de concessionárias da marca está preparada para demonstrar aos proprietários do Fox como funciona o sistema de rebatimento do banco traseiro do carro. O mesmo procedimento será feito no momento em que o consumidor receber o seu veículo zero quilometro.

Mais informações sobre a ação da Volkswagen podem ser obtidas pelo telefone 0800-0195775.

A Volkswagen está divulgando na internet um vídeo de como deve ser feito, de maneira segura, o rebatimento do banco traseiro do Fox.

Nenhum comentário: